Arqueólogos descobrem na Islândia, aquele que pode ser o mais antigo assentamento Viking

By on 29 de Junio de 2020 0 231 Views

Arqueólogos descobriram, em Stöð, na Islândia, aquele que pode ser o mais antigo assentamento Viking já descoberto neste país.

De acordo com o Live Science, foram encontradas duas ‘casas compridas’ em Stöð, perto da vila e do fiorde de Stöðvarfjörður, no leste da Islândia. Os investigadores pensam que a mais antiga faça parte de um assentamento construído nos anos 800, enquanto que a mais recente, construída por cima, data de cerca de 874 D.C.
Em declarações ao mesmo site, o arqueólogo Bjarni Einarsson, que liderou as escavações, explicou que “o salão mais recente é o mais rico da Islândia até agora”, sendo “difícil não concluir que se tratava da casa de um chefe.”
As chamadas ‘casas compridas’ (‘longhouses‘ em Inglês) eram grandes salões de madeira, com até 75 metros de comprimento e seis metros de largura, cobertos de relva e palha, que eram usados como habitações comunitárias nas terras nórdicas durante a Era Viking.
Estas casas estavam divididas em quartos e podiam ser partilhadas por várias famílias. Os seus habitantes faziam lareiras de pedra no centro do salão e os animais podiam também ficar lá instalados para protegê-los do frio.
Entre as descobertas da casa mais recente contam-se moedas de prata Romanas e do Médio Oriente e os chamados hacksilver, fragmentos de prata cortados e dobrados que foram usados como barras de ouro ou como moeda pelos Vikings e outros povos antigos.
As escavações também desenterraram contas de vidro decorativas, anéis, pesos e um pequeno fragmento de ouro, acrescenta Einarsson. Provavelmente, os habitantes deste assentamento adquiriram estes bens ao negociar recursos locais, como peles e carne de baleias e focas.
Relativamente à estrutura mais antiga, o arqueólogo acha que foi um assentamento ou acampamento sazonal, ocupado apenas durante o verão e, talvez, até ao outono pelos trabalhadores da região. As partes já investigadas mostram que foi uma das maiores ‘casas compridas’ já encontradas na Islândia.
Segundo o investigador, esta casa é semelhante ao assentamento Viking descoberto em L’Anse aux Meadows, na Terra Nova, no Canadá, que data do ano 1000 D.C. “Este foi um padrão de assentamento das ilhas no Oceano Atlântico. Primeiro, tivemos os acampamentos sazonais e, depois, seguiu-se a povoação”.

Deixe uma resposta

A %d blogueros les gusta esto: