Bolsonaro visitou o Centro de Operações de Combate à Covid-19 e participou da transmissão do cargo de Comandante Militar do Sul, em Porto Alegre (RS).

By on 1 de Mayo de 2020 0 217 Views

O presidente Jair Bolsonaro visitou, nesta quinta-feira (30), o Centro de Operações de Combate à Covid-19 e participou da solenidade de transmissão do cargo de Comandante Militar do Sul, em Porto Alegre (RS).
Durante a visita, integrantes da operação apresentaram algumas ações que estão sendo desenvolvidas pelas Forças Armadas contra o novo coronavírus na Região Sul. O trabalho é realizado no Centro de Coordenação de Operações do Comando Militar do Sul (CMS), em Porto Alegre (RS), onde está instalado o Comando Conjunto Sul. Considerada umas das mais importantes operações dos últimos anos, foi ativada pelo Ministério da Defesa e tem a missão de apoiar de forma coordenada os órgãos de segurança pública e de saúde federais, estaduais e municipais de cada região de abrangência, nas suas ações de combate à pandemia da Covid-19.
No Centro de Operações, há mais de 70 militares planejando ações de combate, controle e prevenção nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, suprindo as demandas solicitadas pelas respectivas defesas civis estaduais.

Dentre as ações desenvolvidas pela operação estão:
– controle de acesso das fronteiras internacionais;
– permanência de soldados que encerrariam seu tempo de serviço militar obrigatório;
– liberação de médicos do serviço militar obrigatório para atuarem nos hospitais;
– emprego de militares e servidores civis em campanhas de conscientização e prevenção à Covid-19, vacinação contra Influenza e doação de sangue;
– apoio na logística e montagem de estruturas nos centros de triagens;
– fornecimento de alimentação, água e alojamento para equipes envolvidas nas ações de enfrentamento da emergência de saúde pública.

                                                

Logo após a visita, o presidente acompanhou a cerimônia da passagem do cargo de comandante do Comando Militar Sul do general Geraldo Antonio Miotto para o general Valério Stumpf Trindade.
Em entrevista ao CMS, Bolsonaro falou da satisfação de participar da cerimônia. “É uma satisfação estar aqui na cerimônia onde amigos confraternizam e também um deixa a ativa das Forças Armadas e outro assume o comando do CMS. Obviamente, há importante concentração de militares que sempre estiveram à disposição da democracia e da liberdade”, afirmou o presidente.
O evento ocorreu na sede do comando na cidade de Porto Alegre, RS, e também contou com a presença do vice-presidente General Hamilton Mourão que já foi comandante do CMS entre os anos de 2014 e 2016.

(Fotos: Marcos Corrêa/PR)

Deixe uma resposta

A %d blogueros les gusta esto: