Brasileira das Forças de Paz da ONU ganha Prêmio de Defensora Militar da Igualdade de Gênero

By on 27 de Marzo de 2019 0 193 Views

Uma brasileira que serviu nas Forças de Paz da ONU, na República Centro-Africana, foi selecionada para receber o Prêmio de Defensora Militar da Igualdade de Gênero das Nações Unidas, anunciado pela ONU em seu site oficial, nesta terça-feira.
De acordo com a declaração da ONU aos correspondentes, Márcia Andrade Braga, oficial da Marinha Naval que trabalha na Missão Multidimensional de Estabilização Integrada das Nações Unidas na República Centro-Africana (MINUSCA, na sigla em inglês), receberá o prêmio do secretário geral da ONU, António Guterres, durante a reunião ministerial de manutenção da paz de 2019, realizada na sede da ONU em Nova York, nesta sexta-feira.
Servindo como conselheira militar de Gênero na Sede da MINUSCA desde abril de 2018, Braga ajudou a construir uma rede de conselheiros de gênero treinados e pontos focais entre as unidades militares da missão e promoveu o uso de equipes mistas de homens e mulheres para conduzir patrulhas comunitárias em todo o país, diz o comunicado.
O subsecretário-geral das Nações Unidas para as Operações de Manutenção da Paz, Jean-Pierre Lacroix, comentou que Braga é “um exemplo estelar de porque precisamos de mais mulheres na manutenção da paz: a manutenção da paz funciona eficazmente quando as mulheres desempenham papéis significativos e quando as mulheres nas comunidades de acolhimento estão diretamente envolvidas”.
Criado em 2016, o Prêmio Militar de Gênero do Ano das Nações Unidas reconhece a dedicação e o esforço de uma força de manutenção da paz individual na promoção dos princípios da Resolução 1325 da ONU sobre mulheres, paz e segurança, destacou a declaração.

Deixe uma resposta

A %d blogueros les gusta esto: