Cientistas brasileiros desenvolveram teste para detectar o coronavírus em apenas 5 minutos

By on 3 de Abril de 2020 0 199 Views

Pesquisadores brasileiros estão finalizando um teste rápido para detectar o novo coronavírus capaz de confirmar a infecção em apenas cinco minutos e a um custo 50% inferior às opções existentes no mercado.
O novo teste é um projeto de pesquisadores da Universidade de Campinas (Unicamp) e da Universidade de São Paulo (USP), juntamente com os cientistas que sequenciaram geneticamente o vírus. A previsão é que o teste estará disponível no mercado em maio.
O professor de Ciências Farmacêuticas da Unicamp, Rodrigo Ramos, disse que o novo teste foi possível graças a uma “impressão digital” do novo coronavírus.
A gente pode chamar isso de impressão digital, e esse desenho tem uma impressão digital clara das moléculas que existem na doença com relação à COVID-19, e isso que a gente detecta e determina como sendo COVID-19″, explicou.
A partir das informações coletadas, os cientistas utilizam um programa de inteligência artificial para localizar esses biomarcadores que identificam a presença do vírus. Os pesquisadores aproveitaram e inseriram no banco de dados outros biomarcadores, como o do H1N1, o que facilita o diagnóstico para o tratamento médico.
Segundo o professor Ramos, falta apenas a aprovação do Comitê de Ética do Brasil para que os testes possam ser realizados em humanos, com a expectativa de que já esteja no mercado em meados de maio.
Ramos disse que o novo teste é totalmente brasileiro e deve custar cerca de 40 reais (US$ 8), a metade do valor dos produtos existentes no mercado, atualmente todos importados.
Segundo o professor, assim que ficar pronta, a tecnologia do teste poderá ser utilizada em outras cidades pelo Brasil. “É possível fazer um número maior de testes com essa mesma tecnologia, inclusive no sistema público de saúde (SUS)”, acrescentou.
O governo brasileiro anunciou na semana passada a aquisição de 23 milhões de testes para detectar a COVID-19. Segundo o último boletim, divulgado nesta terça-feira, o vírus já deixou pelo menos 201 mortos e 5.717 infectados no país.

Deixe uma resposta

A %d blogueros les gusta esto: