Estudo científico descobre que as pessoas mais preconceituosas racialmente se acham menos racistas

By on 14 de Junio de 2020 0 222 Views

As pessoas mais preconceituosas racialmente são as que tendem a achar-se menos racistas, conclui uma equipa de investigadores.O efeito Dunning-Kruger é um fenómeno que leva indivíduos que têm pouco conhecimento sobre um assunto a acreditarem saber mais do que outros melhor preparados, fazendo com que tomem decisões erradas e cheguem a resultados indevidos.
Uma equipa de investigadores descobriu que o efeito Dunning-Kruger pode também aplicar-se a atitudes de preconceito. Os autores do estudo publicado em agosto na revista científica Personality and Individual Differences descobriram que as pessoas mais preconceituosas em relação à raça são as que tendem a achar-se menos racistas em comparação com os outros.
“Em geral, estou interessado em saber como o preconceito funciona e por que às vezes é difícil fazer com que as pessoas se tornem menos preconceituosas. Este estudo abriu uma janela para entender por que algumas pessoas não sabem que são preconceituosas e por que essas pessoas podem ser particularmente difíceis de alcançar”, disse o autor do estudo, Keon West.
Foi pedido aos 307 participantes do estudo que avaliassem o quão igualitários acreditam que são em relação à raça e sexo em comparação com as outras pessoas. Os voluntários também fizeram testes de avaliação implícita para os investigadores medirem eventuais preconceitos.
De acordo com o PsyPost, os investigadores descobriram que aqueles que relataram sentir-se mais desfavoráveis em relação às pessoas negras também foram os que mais sobrestimaram o seu igualitarismo racial.
“Você não sabe o quanto é preconceituoso. As pessoas mais igualitárias num determinado grupo tendem a considerar-se acima da média”, disse West ao PsyPost.
“Mas, infelizmente, as pessoas menos igualitárias do grupo também pensam que estão acima da média. Por outras palavras, mesmo as pessoas mais preconceituosas tendem a pensar que são menos preconceituosas do que a média”, acrescentou.

Deixe uma resposta

A %d blogueros les gusta esto: