Jair Bolsonaro lidera corrida eleitoral para presidência do Brasil

By on 5 de Junio de 2018 0 170 Views

O Deputado Federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) atingiu seu maior patamar registrado ate hoje nas pequisas de votos para presidente da Republica de Brasil, registrada pelo instituto DataPoder360, onde coloca ao ex militar em primeiro lugar nesta corrida eleitoral.
Num exercício com diversos cenários, sempre com o ex-presidente Lula fora da disputa, Bolsonaro alcança entre 21% e 25% das intenções de voto, à frente de Ciro Gomes (PDT), e de Fernando Haddad. Este último entraria em campo como o nome do PT, substituindo Lula.
O levantamento, feito entre os dias 25 e 31 de maio contou com 10.500 entrevistas feitas por meio de telefones fixos e celulares, com abrangência em 349 cidades em todas as regiões do pais Com uma margem de erro é de 1,8 ponto percentual.
O número de brancos e nulos chega a 29%. Somados aos indecisos, o total dos que não têm voto para o dia 7 de outubro, data do primeiro turno das eleições, fica entre 36% e 40%. O cenário favorece Bolsonaro, que ocupa com folga o espectro da direita e extrema direita e tem, segundo o Poder360%, 77% do eleitorado fiel, ou seja, eleitores que garantem que não mudarão seu voto no pré-candidato do PSL até outubro.
Nos cenários desenhados pela pesquisa, nenhum candidato de centro/direita ultrapassa 8% das preferências. O tucano Geraldo Alckmin aparece com 7%, o ex-prefeito de São Paulo João Dória tem 6%, assim como Álvaro Dias (Podemos). Já na centro-esquerda, Ciro Gomes tem entre 11% e 12%, Haddad entre 6% e 8%, e Marina Silva entre 6% e 7%. O ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, que deve defender o legado do governo Michel Temer, mantém 1% das intenções, assim como Rodrigo Maia (DEM).
Em projeções para o segundo turno, Bolsonaro se sai melhor em todas as possibilidades, com os brancos e nulos chegando a 39%. Se disputar com Ciro, o ex-militar ficaria com 34% das intenções contra 21% do pedetista. Com Marina Silva, ele teria 35%, contra 25% da candidata da REDE. Haddad e Alckmin lograriam 20% dos votos em segundo turno, mas Bolsonaro venceria por 35% e 31%, respectivamente.

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: