Mais da metade das tartarugas marinhas do mundo já comeu plástico, segundo um estudo australiano.

By on 16 de Septiembre de 2018 0 428 Views

A análise de 1.000 tartarugas marinhas pelo maior órgão científico da Austrália, a Organização de Pesquisa Científica e Industrial da Commonwealth (CSIRO, na sigla em inglês), constatou que 52% dos répteis já comeu plástico.
Os pesquisadores descobriram que uma tartaruga marinha que já tenha comido apenas um pedaço de plástico tem 22% de chance de morrer como resultado.
Caso a tartaruga já tenha comido 14 pedaços de plástico, há 50% de chance de morrer como resultado.
“Sabíamos que as tartarugas estavam consumindo muito plástico, mas não sabíamos ao certo se aquele plástico realmente causou a morte das tartarugas, ou se as tartarugas tinham plástico quando morreram”, disse Chris Wilcox, cientista-chefe da pesquisa de Oceanos e Atmosfera da CSIRO, em coletiva de imprensa na sexta-feira.
“Milhões de toneladas de detritos plásticos estão entrando nos oceanos do nosso mundo anualmente”, e “quanto melhor entendemos o problema, melhor estamos equipados para resolver o problema e trabalharmos para soluções viáveis e escalonáveis”.
Sem surpresa, a equipe descobriu que as chances de uma tartaruga morrer aumentavam com cada pedaço de plástico que elas comiam.
Segundo o Fórum Econômico Mundial (WEF, na sigla em inglês), a quantidade de plástico nos oceanos do mundo dobrou nos últimos 20 anos.
O WEF descobriu que os oceanos conterão mais plástico do que peixes até 2050, caso a poluição continue nas taxas atuais.
“Mesmo um único pedaço de plástico pode matar uma tartaruga”, disse Kathy Townsend, professora de ecologia animal na Universidade da Costa do Sol.
“Algumas das tartarugas que estudamos tinham comido apenas um pedaço de plástico, o que foi suficiente para matá-la. Em um caso, o intestino foi perfurado e, no outro, o plástico macio bloqueou o intestino.”

Deixe uma resposta

A %d blogueros les gusta esto: