Morre em Buenos Aires o ex-presidente da Argentina Fernando de la Rúa aos 81 anos

By on 10 de Julio de 2019 0 74 Views

O ex-presidente argentino Fernando de la Rúa morreu, aos 81 anos, em decorrência de problemas cardiovasculares. De la Rúa, que governou Argentina entre 1999 e 2001, enfrentou vários problemas de saúde nos últimos anos. Ele precisou passar por cirurgias, uma delas na bexiga, além de uma angioplastia e da colocação de dois stents.
O presidente Mauricio Macri confirmou a notícia em sua conta do Twitter. “Lamento o falecimento do ex-presidente Fernando de la Rúa. Sua trajetória democrática merece o reconhecimento de todos os argentinos. Acompanhamos sua família neste momento.”
Mas, De la Rúa passará à história sendo recordado pelos argentinos como o artífice da pior crise econômica da história recente da Argentina e protagonista de sua foto mais emblemática: a do helicóptero decolando do teto da Casa Rosada, na tarde de 20 de dezembro de 2001.
Sua vida política
A carreira política de De la Rúa foi a tradicional. Formou-se advogado após cursar a secundária no Liceu Militar de Córdoba, província onde nascera em 1937, e começou ainda muito jovem a militar na União Cívica Radical (UCR). Seu primeiro cargo eletivo foi como senador em 1973, durante o terceiro Governo de Juan Domingo Perón. Após o golpe militar de março de 1976, abandonou a política e trabalhou como advogado para grandes empresas. Voltou ao Senado em 1983, na volta da democracia, e em 1996 deixou sua cadeira para se tornar o primeiro prefeito de Buenos Aires eleito pelo voto popular, graças à reforma constitucional pactuada em 1995 pelo presidente Carlos Menem (1989-1999) e seu antecessor radical, Raúl Alfonsín (1983-1989).
De la Rua esteve casado com Inés Pertiné – neta, filha e irmã de militares-, teve três filhos, Agustina, Antonio e Fernando.

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: