Ônibus elétricos chineses começaram a circular em Cali, na Colômbia

By on 12 de Septiembre de 2019 0 50 Views

Uma frota composta por 26 ônibus elétricos e 21 movidos a gás fabricados na China começou a circular nesta terça-feira na cidade colombiana de Cali, capital do Estado de Valle del Cauca (sudoeste).
Em um dos estacionamentos do sistema de transporte da cidade, chamado Massivo Integrado do Ocidente (MIO), foi realizada a inauguração do que se considera um marco na mobilidade das cidades colombianas, por ser a primeira frota totalmente livre de combustão poluente na Colômbia.
Eduardo Bellini, gerente da Blanco y Negro Masivo, uma das empresas operadoras do MIO, descreveu as qualidades destes veículos adquiridos por sua empresa com a marca chinesa Sunwin.
“São ônibus de zero contaminação, de grande comodidade, veículos de fácil acesso para os usuários, de plataforma baixa, com grande comodidade, com ar condicionado, inclusive o único que se escuta no interior do veículo é o ar condicionado, seu motor é completamente silencioso”, assinalou.
Os veículos contam com tomadas de USB nas costas dos assentos para que os usuários carreguem seus dispositivos móveis. Sua iluminação interior está apoiada em tecnologia LED, que além de baixo consumo oferece um ambiente agradável aos usuários em horas noturnas.
A cerimônia de entrega dos ônibus à cidade foi liderada pelo prefeito de Cali, Maurice Armitage, que disse: “estes primeiros 26 ônibus elétricos são um orgulho para Cali, mas em um mês e meio chegarão outros 110 e procuraremos concretizar outra licitação de 300 ônibus ainda este ano”.
Oito pacotes de baterias de lítio-ferrofosfato oferecem ao veículo uma autonomia de 300 quilômetros por carga.
O freio regenerativo, que permite aos veículos recuperarem e recarregarem energia para suas baterias cada vez que é utilizado, amplia a autonomia e oferece uma maior duração a seu sistema de energia.
“O veículo conta com um sofisticado sistema de vigilância, plataformas de entrada e saída para deficientes e na cabine um painel de instrumentos de LCD com botões ergonômicos”, disse à Xinhua Zhao Qingzhen, engenheiro do centro tecnológico da companhia Sunwin presente no evento.
A lei colombiana estipula que 30% dos veículos adquiridos no futuro pelas administrações locais das cidades devem ser de tecnologia elétrica.
Nos próximos dias está prevista a entrada em funcionamento de outra frota de ônibus elétricos chineses, desta vez para o sistema de transporte público da cidade de Medellín, capital do Estado de Antioquia (noroeste).

Deixe uma resposta

A %d blogueros les gusta esto: