Peru trabalha para que a tecnologia esteja a serviço da ALL

By on 20 de Marzo de 2019 0 156 Views


Chefe de Estado salientou que a telemedicina e tecnologia utilizada na educação facilitará a vida de todos no país.
• Presidente presidiu esta tarde a II sessão da Comissão da Agenda Digital ao Bicentenário.

Presidente da República, Martin Vizcarra, salientou a necessidade de trabalhar em conjunto para a tecnologia a serviço de todos os peruanos e podem beneficiar, sem distinção, de novos desenvolvimentos na educação e telemedicina.

Durante a Segunda Sessão do Comitê para a Agenda Digital para o Bicentenário, na sede do Palácio do Governo, o presidente salientou que ainda há longo caminho a percorrer, mas se você promove fortemente o uso da tecnologia, haverá mudanças substanciais na vida dos Peruanos

Queremos tornar a vida mais fácil para todos, podemos falar sobre várias regras e processos, mas precisamos estes novos desenvolvimentos, e revolucionar o mundo, são traduzidas em instalações para os cidadãos“, disse ele.

O presidente indicou que em locais de difícil acesso, existem vários problemas, como a falta de médicos, mas, por meio da telemedicina, importantes avanços no cuidado da população podem ser alcançados.

Por exemplo, os alunos na selva ou em áreas montanhosas remotas, também podem ser conectados em tempo real com áreas urbanas, e isso graças à internet. Desta forma, você pode usar o mesmo tipo de educação e avaliação no território nacional “, disse ele.

Vizcarra Cornejo disse que o Peru terá um backbone de fibra óptica e sublinhou a necessidade de mover uma instalação mais rápida de interligar todos os distritos e províncias.

O presidente ressaltou ainda que a meta, para este ano, é contar com a Central de Emergência do Peru, para que os cidadãos possam acessar os serviços de emergência por meio de um único número de telefone e fácil recall.

Em relação aos educadores do país, o Chefe de Estado ressaltou a necessidade de formação de professores em diversos temas tecnológicos, com o objetivo de aprimorar os cursos que ministram aos alunos.

O presidente, considerou que as autoridades regionais também devem estar envolvidas no uso de novas tecnologias, então ele disse que você deve pensar em um próximo “GORE Digital”.

Se não vai subir para a onda de tecnologia que será muito atrás, depende de nós. Temos de garantir que o estado irá acelerar novas gerações“, disse ele.

Deixe uma resposta

A %d blogueros les gusta esto: