Presidente do Peru anuncia eleições para abril de 2021 e aquece setores políticos desse país

By on 14 de Julio de 2020 0 117 Views

O presidente peruano, Martín Vizcarra assinou esta quarta-feira (8) o Decreto Supremo de convocatória às eleições presidenciais o dia 11 de abril de 2021. O anuncio foi transmitido pela televisão a partir do Palácio do Governo.
“Cumprindo meu compromisso, mostro aqui o decreto que convoca eleições gerais para 11 de abril de 2021 para eleger um presidente, vice-presidentes do Congresso e representantes peruanos para o Parlamento andino”, anunciou Vizcarra.
“Estamos dentro do prazo da lei. Teremos daqui a um pouco mais que nove meses, uma mudança de autoridades”, ressaltou.
Dentro destas autoridades se encontra o Registro Nacional de Identificación y Estado Civil (RENIEC), instituição encarregada de entregar os documentos de identidade, principal requisito para poder votar.
Ao respeito, um dos aspirantes para dirigir o RENIEC, o Dr Carlos Loyola Escajadillo, apresentou um apelo para a reconsideração no processo de avaliação da comissão de avaliação perante o Conselho Nacional de Justiça, porque não foi considerada em sua pontuação final, toda a experiência que ele possui no setor público no campo da pesquisa acadêmica.
Ele manifesta que; embora tiver Doutorado em governo e políticas públicas e professor em administração, os demais candidatos sem ter esses méritos acadêmicos, foram considerados com as melhores qualificações.
O sistema eleitoral peruano prevê que a eleição presidencial seja definida em dois turnos se o vencedor não conseguir mais do que 50% dos votos, enquanto o Parlamento é escolhido em um única turno. O mandato é de cinco anos.
Vizcarra, que carece de partido e bancada legislativa, é proibido por lei de se apresentar. Ele também negou a ambição de concorrer às eleições de 2021.

Deixe uma resposta

A %d blogueros les gusta esto: